DISCUTINDO A PROBLEMÁTICA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS

O cuidado com o tratamento dos resíduos sólidos vem sendo alvo de discussões nas esferas nacionais e internacionais. Tal preocupação é justificada quando nos deparamos com as consequências relativas ao descarte indevido dos resíduos nas mais diversas formas, seja agrícola, domiciliar, comercial, industrial, de mineração, radioativo entre outros.  Diante de tamanha importância o grupo PET Ciências Naturais e o PET Conexões – Educação do Campo, ambos locados no Campos Bacabal da UFMA, desenvolveram atividade conjunta para recepcionar os alunos da Licenciatura em Educação do Campo (LEdoC) no dia 12/06/2018 em seu retorno para iniciar o 2º Tempo Universidade. O PET Ciências Naturais contribui com o desenvolvimento de três atividades. Inicialmente a petiana Ana Cristina Leu um texto, de autoria de sua autoria e do Tutor, saudando os Alunos da LEdoC (veja o texto na integra ao final).

No segundo momento os petianos Ataide Alexandre e Lucas Marck, apresentaram um seminário discutindo a temática dos 5R´s (Reciclar, Reutilizar, Reduzir, Recusar e Repensar) com contribuições do Tutor Prof. Dr Meubles Borges Junior, nos debates que se seguiram. Continuando as atividades desenvolvidas, tivemos ainda uma dinâmica sobre o descarte/separação dos resíduos sólidos urbanos (RSU) conduzida pelos petianos(as) Sávio Nascimento e Giovana de Souza, além da participação na petiana Francisca Amanda no planejamento da atividade; e uma oficina sobre a reutilização de garrafas PET na construção de estojos e porta treco conduzida pelas petianas Weslyane Everton e Eleilde Almeida. Para encerrar as atividades foi apresentado um vídeo sobre a gestão de resíduos na comunidade de Piracanga, no Sul da Bahia. O vídeo pode ser assistido no site: https://www.youtube.com/watch?v=FdFdHD_ArHU&t=953s.

As atividades além de promoverem importante contribuição nas discussões sobre o Gerenciamento dos Resíduos com os alunos das comunidades rurais do Estado do Maranhão, promoveu a integração dos dois PET´s (Ciências Naturais e Conexões Educação do Campo) que pela primeira vez trabalharam de forma integrada, contribuído para o desenvolvimento dos dois PET´s. Deixamos aqui nosso agradecimento ao Tutor do PET Conexões Educação do Campo prof. Dr Emerson Dalla Chieza pelo convite feito ao PET Ciências Naturais.

TEXTO EM HOMENAGEM AOS POVOS DO CAMPO:

A importância do campo

Ana Cristina Santos Souza e Meubles Borges Júnior

O Campo pode ser vida e pode ser morte. Vida quando respeitamos seus costume e tradições e fornecemos políticas públicas que lhe garantam educação e saúde de qualidade, políticas públicas que favoreçam tecnologias ambientalmente saudáveis e sustentáveis. Da morte não precisamos falar, pois tem sido sentida no descaso com as necessidades do campo.

O trabalhador com as mãos calejadas, acorda antes do sol nascer para plantar o arroz, o feijão, a batata que vai direto pra você. O sol ardente em seu rosto o faz lembrar todos os dias que ele(a) tem filhos pra sustentar e mais milhões de pessoas na cidade precisam do alimento que vem de lá.

O alimento que chega até a nossa mesa primeiro passa por seus processos no campo, campo esse que necessita de arado, água, equipamentos, que necessita de mim e de você, campo que grita por socorro, o campo precisa viver. Sem o campo não há cidade, não há pessoas, não há o que comer.

Porém, a importância do campo é mais que trazer alimento para a população, é mais do que regar, plantar e colher. Urbano e rural se complementam e ao mesmo tempo se separam. Assim, o campo pede aos homens que não destruam as suas raízes, não contaminem seu o solo e suas águas que lhe alimentam e matam sua sede todos os dias. O Campo pede aos homens que respeitem a extensão de suas terras, pois Campo somos todos nós pois do pó viemos e ao pó retornaremos.

Assim o PET Ciências Naturais homenageia os alunos das turmas 5 e 6 da Licenciatura em Educação do Campo e o PET Conexões/Educação do Campo reconhecendo a importância que representa a LEdoC para os povos do campo.

SEJAM BEM VINDOS

 

Anúncios

DESCARTE INADEQUADO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

Comemora-se no mês de junho a semana mundial do meio ambiente, que tem por finalidade apoiar a participação da comunidade sensibilizando na preservação do patrimônio natural do nosso país, dando a importância aos cuidados com o meio ambiente para a melhoria da qualidade de vida. O meio ambiente pode ser considerado como qualquer espaço em que um ser vive e se desenvolve, oferecendo-lhes condições importantes para a seu desenvolvimento e sobrevivência. A vida se torna mais escassa em um ambiente com pouca reserva de água, solo de baixa fertilidade e atmosfera insalubre, por isso a importância de se preservar o meio em que vivemos para as futuras gerações. Apesar de existir uma inter-relação entre os seres vivos e com o meio ambiente, cabe ao homem atuar de forma consciente sobre essa relação. Entretanto, o homem tem sido responsável por grandes e rápidas transformações ao meio ambiente em que ele vive, principalmente a partir dos avanços tecnológicos proporcionados pela Revolução Industrial, permitindo buscar o consumo do que é prático e rápido, gerando uma quantidade cada vez maior de resíduos, e que na maioria das vezes são descartados de maneira inadequada.

Texto completo: Informativo Ano 3-1-2017

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

A SNCT tem o objetivo de aproximar a Ciência e Tecnologia da população, promovendo eventos que congregam centenas de instituições a fim de realizarem atividades de divulgação científica em todo o País. A ideia é utilizar uma linguagem acessível à população, por meios inovadores que estimulem a curiosidade e motivem a população a discutir as implicações sociais da Ciência, além de aprofundarem seus conhecimentos sobre o tema. O período oficial da 13ª SNCT vai de 17 a 23 de outubro de 2016. Tecnologias para alimentos e a segurança alimentar, tem como base a contribuição da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico de alimentos, na promoção da segurança alimentar e no combate à desnutrição. Este tema está intrinsecamente ligado a todos nós, pois a alimentação, nada mais é, que uma atividade fundamental para o equilíbrio de nossas funções vitais. É importante dizer que muito já foi feito para a melhoria da alimentação e melhoria do estado nutricional dos brasileiros, porém, é válido ressaltar que muitas intervenções ainda precisam ser feitas, acerca da forma com que essas pessoas se alimentam, se esse alimento está realmente próprio para consumo e, acima de tudo, dar uma atenção maior a aquelas pessoas que possuem deficiências nutricionais de tudo, dar uma atenção maior a aquelas pessoas que possuem deficiências nutricionais.

Texto completo: Informativo Ano 2 – 3-2016

MINICURSO “FERRAMENTAS GOOGLE PARA O TRABALHO COLABORATIVO”

Em parceria com o PET CIÊNCIAS NATURAIS, BACABAL, a Profª Carolina Pereira  Aranha iniciou na tarde do dia 11 de maio de 2018, o minicurso “Ferramentas Google para o trabalho colaborativo” como forma de treinamento para os petianos do Campus Bacabal, tendo como objetivo facilitar/melhorar o fluxo de informações entre os membros bem como uma ferramenta facilitadora na construção de projetos a longa distância.

PROBLEMAS E DESAFIOS NO DESCARTE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA CIDADE DE BACABAL

Por: Taynah Moreira e Eleilde Almeida

 

Aconteceu na escola estadual C.E.M. Elisa Monteiro, a aplicação do projeto “PROBLEMAS E DESAFIOS NO DESCARTE DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA CIDADE DE BACABAL” com a participação dos petianos Ataíde Alexandre, Eleilde Almeida, Francisca Amanda, Taynah Moreira, Tiago Rodrigues e Wesliany Duarte, todos bolsistas do PET Ciências Naturais – Campus III/Bacabal.

O projeto foi desenvolvido em dois momentos, no primeiro, ocorreu a aplicação Continuar lendo

Atividades do Projeto “Intolerância Religiosa Nos Espaços De Educação Formal” Desenvolvidas na Escola em Piratininga

Os integrantes do Programa de Educação Tutorial (PET) Ciências Naturais UFMA – Campus Bacabal, no projeto Intolerância Religiosa Nos Espaços De Educação Formal, desenvolveram atividades no Centro de Educação Quilombola Professora Maria Cleusa Silva de Oliveira localizada no povoado Piratininga, Continuar lendo

O PET NA SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (23 a 29 de outubro de 2017)

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é realizada sempre no mês de outubro. Tem por objetivo aproximar a Ciência e Tecnologia da população, promovendo eventos que congregam centenas de instituições com o propósito de realizarem e divulgarem atividades científica em todo o País. A ideia é utilizar linguagem acessível e meios Continuar lendo

Semana Nacional da Ciência e Tecnologia na Escola Família Agrícola Antônio Fontinele

O PET Ciências Naturais – Campus Bacabal realizou uma atividade no dia 21 de outubro de 2016 na Escola Família Agrícola Antônio Fontinele, no Povoado de São Manuel, no município de Lago do Junco, referente à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) que tem como tema “Ciência Alimentando o Brasil”. A SNCT tem o objetivo de Continuar lendo

Projeto nas escolas: água para a vida, água para todos

A água, bem fundamental para a vida, influencia nossa história, cultura, formas de viver e cotidiano. Ela está dentro de nós, como 70% do nosso corpo, e em toda parte. É um reflexo do que somos. Sem ela a vida se esvai e nosso lindo Planeta Azul pode até mudar de cor.

O projeto ÁGUA PARA A VIDA, ÁGUA PARA TODOS foi desenvolvido na escola Leda Tajra, no segundo ano do ensino médio, no mês de setembro de 2016. O objetivo desse projeto foi propiciar Continuar lendo

Diversidade sexual na escola: o que pensam os futuros docentes das licenciaturas?

Apresentador: Sávio Nascimento Lago (Graduando em Ciências humanas – Sociologia)
Visando analisar a temática “Diversidade Sexual” sobre a ótica dos discentes, o peteano Sávio Nascimento apresenta os resultados de sua pesquisa sobre o que sabe a comunidade acadêmica a respeito dos temas da diversidade sexual. Sua pesquisa mostra que há entre os entrevistados uma grande variedade de saberes e pontos de vista a respeito do tema, e que essa temática ainda é compreendida através de diversos tipos te estereótipos.