Alimentação Saudavél

Tecnologias para alimentos e a segurança alimentar, tem como base a contribuição da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico de alimentos, na promoção da segurança alimentar e no combate à desnutrição. Este tema está intrinsecamente ligado a todos nós, pois a alimentação, nada mais é, que uma atividade fundamental para o equilíbrio de nossas funções vitais.

É importante dizer que muito já foi feito para a melhoria da alimentação e melhoria do estado nutricional dos brasileiros, porém, é válido ressaltar que muitas intervenções ainda precisam ser feitas, acerca da forma com que essas pessoas se alimentam, se esse alimento está realmente próprio para consumo e, acima de tudo, dar uma atenção maior a aquelas pessoas que possuem deficiências nutricionais Pode ser citado aqui a anorexia, que trata-se de um problema de saúde pública e é sempre relevante debater formas para melhoria e até mesmo a erradicação desta. Outro tema que ainda merece muito debate é a utilização dos agrotóxicos e os produtos industrializados com seus conservantes, corantes, aromas artificiais, entre outros. Sabe-se que esses produtos contêm substâncias carcinogênicas e no caso dos agrotóxicos, alguns produtos são neurotóxicos (Figura 1).

Ação de inseticidas neurotóxicos no organismo.

Figura 1: Ação de inseticidas neurotóxicos no organismo.

Para que haja uma alimentação de qualidade, é necessário o desenvolvimento de novas tecnologias ambientalmente saudáveis na produção de alimentos (Figura 2), controle de qualidade e programas de educação e conscientização. Somente nessa perspectiva, poderemos maximizar as ações rumo à segurança alimentar e nutricional. O desenvolvimento de novas tecnologias deve contribuir não só com a produção de alimentos que sejam capazes de suprir as deficiências nutricionais, mas a eliminação de agrotóxicos e aditivos químicos que comprometem a saúde dos consumidores, garantindo assim a prevenção de doenças e a manutenção da saúde da população. Entretanto, o acesso a alimentos de boa qualidade, ainda é um problema para pessoas com menor poder aquisitivo, nos grandes centros urbanos.

Desidratador solar de alimentos.

Figura 2: Desidratador solar de alimentos.

Portanto, deve-se exigir políticas públicas que garantam pesquisas voltadas para a alimentação e segurança alimentar, caminhando assim, rumo a avanços tecnológicos reais que aumentem a oferta e o acesso aos alimentos saudáveis para todos os tipos de consumidores. Espera-se dessa forma, reduzir o número de doenças associadas à má alimentação e alimentos contaminados e consequentemente proporcionar melhor qualidade de vida para a população em geral. Além do desenvolvimento de novas tecnologias a escola ocupa espaço privilegiado na promoção da saúde e deve atuar na formação de valores e hábitos de uma alimentação saudável.

É notável o número de doenças relacionadas à carência nutricional e perceptível que este transtorno, se dá pela dificuldade de acesso a alimentos em regiões de pobreza extrema. Dados da FAO-Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, afirmam o custo estimado do impacto da má nutrição na economia mundial alcança 5% do PIB global, equivalente a 3,5 trilhões de dólares por ano, ou U$ 500/pessoa/ano (FAO, 2013). Considerando que a ciência é a base para a geração de conhecimento e construção de políticas públicas mais eficazes que garantam o acesso da população a alimentos com qualidade e em quantidade suficientes e buscando combater a desnutrição, a EMBRAPA lançou uma série de estratégias para ampliar o conhecimento na relação entre alimentos, nutrição e saúde que tem como ideia central, estimular a elaboração, proposição e implementação de novas propostas de pesquisa de forma integrada, convergente e complementar.

Segundo dados EMBRAPA, o foco deste projeto é promover o avanço do conhecimento e o desenvolvimento de tecnologias para a biofortificação de alimentos e a ampliação da oferta de alimentos funcionais, saudáveis, bem como de alimentos voltados para grupos da população com necessidades específicas (diabéticos, hipertensos, com alergias ou intolerâncias alimentares, entre muitos outros), explorando de forma sistemática as conexões existentes entre alimentos, nutrição e a saúde. Nessa perspectiva a pesquisa na área do cultivo orgânico tem se ampliado para que os produtores de alimentos orgânicos brasileiros conseguiam atender à demanda, que é bem maior que a oferta. (Figura 3).

Produção de alimentos orgânicos fonte de alimentos funcionais e saudáveis.

Figura 3: Produção de alimentos orgânicos fonte de alimentos funcionais e saudáveis.

Vale ressaltar que segurança alimentar e nutricional é um direito de todos a uma alimentação de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente, logo, é de extrema urgência, que soluções inovadoras sejam feitas, para que que possam incluir socialmente as pessoas e de uma forma que a alimentação delas seja mais saudável e que elas tenham acesso a alimentos de qualidade”, explicou.

(Texto: Francisca Amanda da Silva – Aluna do Curso de Ciências Naturais; Debora Samir Conceição de Souza – Aluna do Curso de Ciências Naturais; e Meubles Borges Júnior Tutor do PET)

Bibliografia
FAO. Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. Direito à Alimentação e Segurança Alimentar e Nutricional nos Países da CPLP: Diagnóstico de Base. Roma, 2013. 57p. Disponível em: http://www.fao.org/docrep/018/i3348p/i3348p.pdf. Acesso em: 31 jul. 2016.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Relatório de Gestão do Exercício de 2012. Brasilia, 2013. 138p. Disponível em: https://www.embrapa.br/documents/10180/1549626/Relat%C3%B3rio+de+Gest%C3%A3o+da+Embrapa+2013/6fc6c3c4-be7c-4431-b233-ce26d0bd5da3. Acesso em: 31 out. 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s